28ª Dez Milhas Garoto será o destaque no início de setembro!

Nilo Resende 25 de julho de 2017 0

São Paulo (SP) - Uma das mais tradicionais e importantes provas do calendário nacional, a Dez Milhas Garoto chega à sua 28ª edição e será o destaque no dia 3 de setembro, reunindo alguns dos principais atletas do país e destaques do exterior. Serão 16,090 km, com largada, às 7h40, na Praia de Camburi, em Vitória, e chegada em frente a fábrica da Chocolates Garoto, em Vila Velha.  Já a 16ª Corrida Garotada, prova que visa fomentar a prática esportiva aos mais jovens de 6 a 17 anos, no masculino e feminino, tem novidades, acontecendo no dia 2 de setembro, na orla da Praia da Itaparica.

Largada de 2016 da Dez Milhas Garoto, uma das melhores provas do Brasil. Créditos: Divulgação.

Largada de 2016 da Dez Milhas Garoto, uma das melhores provas do Brasil. Créditos: Divulgação.

Mais uma vez, a expectativa é reunir um grande número de participantes, repetindo o feito dos do ano, quando cerca de 11 mil corredores participaram do evento no Espírito Santo. Destaque também par a categoria Colaborador, que reunirá funcionários da Chocolates Garoto. A programação completa de largadas é a seguinte: às 7h40, categoria Cadeirante (Masculino e Feminino); às 7h45, Elite Feminina; e às 8h, a Elite Masculina e demais categorias: Atleta com Deficiência, Pelotão (Faixa etária) e Atleta Capixaba.

As inscrições para a 28ª Dez milhas Garoto e 16ª Corrida Garotada estão abertas.  Os interessados poderão confirmar presença até o dia 8 de agosto, no site www.dezmilhasgaroto.com.br, com taxas de inscrição de R$ 90,00 para as Dez Milhas. O prazo poderá ser encerrado antes do prazo se o número limite for atingido. Há combos para a inscrição dos filhos para a Corrida Garotada, o “pacote familiar”, e as informações podem ser encontradas no site oficial. 

A entrega de kit de participação será realizada conjuntamente com a entrega do chip descartável somente nos dias 1/9, das 9h às 19h, e no dia 2/9, das 8h às 16h, na Chocolates Garoto, em Vila Velha. Não haverá entrega no dia da competição, nem mesmo após, como previsto no regulamento.

Os títulos da 27ª Corrida Dez Milhas Garoto ficaram com os africanos. Joseph Aperumoi e Consolata Cherotich , ambos da equipe Kenia Luasa Sports Caixa, foram os mais rápidos após os 16,090 km,. Aperumoi, campeão em 2012 e vice no ano passado, completou a prova em 47min29seg, enquanto Consolata, que fez sua estreia na disputa, marcou o tempo de 59min49seg, mantendo a hegemonia estrangeira iniciada em 2011.

Os atletas brasileiros, por sua vez, melhoraram seus desempenhos em relação ao ano anterior, conseguindo dois segundos lugares, ambos com atletas mineiros. Giovani dos Santos, da equipe Pé de Vento, conseguiu seu melhor resultado em seis participações na prova, com o tempo de 47min31seg. No feminino, Kleidiane, da equipe Cruzeiro Caixa, marcou 1h00min30seg. A favorita Joziane Cardoso acabou se sentindo mal a poucos metros da chegada e não terminou a prova.

 

16ª Corrida Garotada

A disputa dos jovens ganhou força e um dia exclusivo. Será no sábado, dia 2, na orla da Praia de Itaparica, comprovando seu crescimento.  Poderão participar nascidos entre 2000 e 2011, com distâncias variando entre 200 e 1.600 metros. A largada de todas as categorias será às 8h. Mais detalhes no site www.corridagarotada.com.br.

 

Resultados 2016 – Elite

Masculino

1) Joseph Aperumoi (Quênia), 47min29seg

2) Giovani dos Santos (Brasil), 47min31seg

3) Edmilson Santana (Brasil), 48min57seg

4) Wendell Souza (Brasil), 49min38seg

5) Valério Fabiano (Brasil), 50min31seg

 

Em 2016, com 47min29 seg, Joseph Aperumoi se sagrou o campeã. Na foto a sua chegada. Creditos: Divulgação.

Em 2016, com 47min29 seg, Joseph Aperumoi se sagrou o campeã. Na foto a sua chegada. Creditos: Divulgação.

Feminino

1) Consolata Cherotich (Quênia), 59min49seg

2) Kleidiane Jardim (Brasil), 1h00min30seg

3) Norren Kimutai (Quênia), 1h02min39seg

4) Viviane Figueiredo (Brasil), 1h03min09seg

5) Selma da Paz (Brasil), 1h16min00seg

 

Campeões

1989 – Delmir Alves dos Santos (RJ),50min28s/ Nerci Freitas Costa (RJ),1h04min19s

1990 – Severino J. da Silva (SP),46min42s/ Sônia Márcia Rodrigues (MG),56min42s 

1991 – Luís Antônio dos Santos (RJ), 45min49s/ Silvana Pereira (SC), 53min06s

1992 – Delmir Alves dos Santos (RJ), 50min95s/ Viviany Anderson (MG), 1h0min48s 

1993 – Luís Antônio dos Santos (RJ), 47min45s/ Silvana Pereira (SC), 56min48s

1994 – Tomix Alves da Costa (MG) – 48min25s/ Silvana Pereira (SC), 57min35s

1995 – Adalberto B. Garcia (SP), 47min21s/ Viviany Anderson (MG), 56min24s

1996 – Delmir Alves dos Santos (SP), 48min04s/ Maria de Lourdes da Silva (BA), 56min18s

1997 – Ronaldo da Costa (MG), 47min21s/ Risoneide Wanderley (SP), 56min43s

1998 – John M. Gwako (Quênia), 47min19s/ Márcia Narloch (RJ), 55min41s

1999 – John M. Gwako (Quênia), 47min23s/ Viviany Anderson Oliveira (MG), 55min41s

2000 – Joseph Waweru (Quênia), 47min24s/ Márcia Narloch (RJ), 55min52s

2002 – Marilson Gomes dos Santos (DF), 47min41s/ Márcia Narloch (RJ), 55min10s

2003 – Valdenor Pereira dos Santos (PI), 48min 58s/ Márcia Narloch (RJ), 56min01s

2004 – Marilson Gomes dos Santos (DF), 47min53s/ Márcia Narloch (RJ), 56min25s

2005 – Franck Caldeira (MG), 48min23s/ Márcia Narloch (RJ), 56min20s

2006 – Marilson Gomes dos Santos (DF),47min39s/ Lucélia Peres (MG), 55mim23s

2007 – Clodoaldo G da Silva (DF), 48min44s/ Edinalva Laureano da Silva (PB), 55min49s

2008 – Willian Gomes (MG), 48min39s/ Nancy Jepkosgei Kipron (Quênia), 56min24s

2009 – Franck Caldeira (MG), 47min58s/ Meseret Heilu (Etiópia), 56min05s

2010 – Marilson Gomes dos Santos (RJ), 47min45s/ Eunice Kirwa (Quênia), 55min11s

2011 – Kimutai Kiplimo (Quênia), 48min05s/ Eunice Jepkirui Kirwa(Quênia), 55min43s

2012 – Joseph Aperumoi (Quênia), 47min01s/ Rumokol Chepkanan(Quênia), 54min13s 

2013 – Edwin Kipsang Rotich (Quênia), 47min00s/ Nancy Kipron(Quênia), 55min16s

2014 – Leul Gerbresilase Aleme (Etiópia), 47min18s/ Delvine Meringor (Quênia), 57min08s

2015 – Edwin Kipsang Rotich (Quênia), 47min42seg/Delvine Meringor (Quênia), 54min50seg

2016 – Joseph Aperumoi (Quênia), 47min29seg/Consolata Cherotich (Quênia), 59min49seg

 

Garoto: tradição brasileira em chocolates

A Chocolates Garoto, localizada em Vila Velha (ES), é uma das 10 maiores fábricas de chocolates do mundo. A empresa conta hoje com um portfólio de aproximadamente 70 produtos.  Dentre os produtos que fabrica estão caixas de bombons, Tabletes, Ovos de Páscoa, e chocolate para uso culinário como coberturas e pó solúvel, que podem ser encontrados em mais de 50 países. Seus maiores sucessos são a Caixa Amarela e os Tabletes Familiares com a marca Garoto; os chocolates Baton e Talento e o bombom Serenata de Amor. Também oferece versões em sorvetes e picolés de algumas das suas principais marcas.

A 28ª Dez Milhas Garoto e a 16ª Corrida Garotada são uma realização da Garoto, com organização da Yescom. A supervisão é da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e Federação de Atletismo do Espírito Santo (FAES).

Mais informações no site www.dezmilhas.com.br

Deixe seu comentário »